A dialética é a base da vida humana.


E AQUELES QUE FORAM VISTOS DANÇANDO, FORAM JULGADOS INSANOS POR AQUELES QUE NÃO PODIAM OUVIR A MÚSICA
VIDA SEM MÚSICA É UM EQUÍVOCO
Nietzsche
__________________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

terça-feira, 11 de maio de 2010

ÔNIBUS ATEU

Ônibus londrino
"Provavelmente, Deus não existe. Agora pare de se preocupar e aproveite sua vida."


No início do ano 2009 foi lançada uma campanha publicitária sem precedentes na história do Reino Unido: uma campanha sobre ateísmo. Foi um marco relacionado a esse tema na história desse país, e de diversos outros, pois a "Campanha dos Ônibus", como ficou conhecida, se espalhou rapidamente pelo mundo. O objetivo da campanha é garantir o reconhecimento dos direitos dos ateus, bem como a manutenção do Estado laico.
A ATEA (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) informou que está levantando fundos para lançar a campanha aqui no Brasil, colocando slogans em alguns ônibus da cidade de São Paulo.
Espero que a campanha em Londres não tenha passado despercebida. As últimas notícias que se tem são de julho de 2009 quando os austríacos também lançaram a campanha.
A campanha foi proibida na Austrália e na Itália, mas vingou, além de em Londres e Áustria, em Barcelona e Washington.
Para a campanha aqui no brasil, a ATEA selecionou estes slogans, dentre outros, que serão estampados nos ônibus de São Paulo:

"Sou feliz sem crer em nenhum deus."

"Você precisa de um deus pra ser feliz? Nós não."

"A fé não dá respostas. Ela só impede as perguntas."

"Sorria! O inferno não existe."

"Você é quase tão ateu quanto nós. Quando você entender porque não acredita em todos os outros deuses, saberá porque não acreditamos no seu."





Eis a diferença entre um cientista e um pseudo cientista: o objetivo. O primeiro busca, através da razão, compreender os mistérios da Natureza com intuito de facilitar os caminhos da humanidade. Enquanto que o segundo, busca meios nestes mesmos mistérios para justificar sua fé.